GNGaúcho finaliza Campeonato Brasileiro de Karatê com vencedores na Bahia!

Na última semana, do dia 11 a 15 de outubro, aconteceu a final do Campeonato Brasileiro de Karatê 2017.

O evento foi sediado na cidade de Lauro de Freitas na Bahia e contou com a participação de 25 estados e 1.400 participantes. O GNGaúcho esteve representado com 08 dos seus atletas. Ao final, o Clube finalizou o campeonato com 03 medalhas, confira abaixo:

Anna Rios Branchartt : 02 medalhas de Prata

Marcelo Oliveira Pereira : 01 medalha de Bronze

 

 

Equipe de judô do GNGaúcho finaliza Copa Caxias 2017 com campeões!

No último sábado, dia 14 de outubro, aconteceu a Copa Caxias de Judô e seletiva para o Meeting 2017 no Recreio da Juventude, localizado na cidade.

O evento contou com a participação de 600 atletas ao todo e o GNGaúcho esteve representado com oito judocas.

Confira abaixo a listagem dos participantes com as suas respectivas classificações:

1- Maria Antonia Argemi – Campeã

Classe Sub 13 classificada para o Meeting SC

2- Julia Senna – 3º Lugar

Classe Sub 13 classificada para o Meeting SC 

3- Lourenço Zimmermann – Campeão

Master 2    

4- Lourenço Zimmermann – Campeão 

Master 3

5- Gilbert Passos – Vice-Campeão

Master 3

6- Lucas Porto – Campeão

Sênior

7- Thiago M. Rodrigues – 3º Lugar

Sênior

8- Julia Messias – Vice-Campeã

Sênior

Confira abaixo os registros do evento:

Maria Antonia

Maria Antonia Argemi – Campeã

 

Equipe Sub 11 de Futsal do G.N.Gaúcho vence Campeonato Champions Future 2017

A categoria Sub 11 de futsal do GNGaúcho venceu a Champions Future 2017 no último domingo, dia 08 de outubro. O jogo vitorioso foi contra o time do São Léo e o resultado final foi de 1×0.

Champions_Final_1.jpg

A trajetória do Sub 11 do GNGaúcho foi conquistada com persistência e superação. Mesmo sendo uma equipe de futsal, o nosso time enfrentou o desafio de participar de uma competição de Futebol 7 contra tradicionais equipes que praticam a modalidade no Rio Grande do Sul.

Na primeira fase, o GNGaúcho enfrentou 4 equipes da Chave B, obtendo 1 vitória, 1 empate e duas derrotas:

– 08 de abril: Gaúcho 3×2 Boca Juniors

– 11 de junho: Gaúcho 1×2 São Léo

– 02 de julho: Gaúcho 0x2 Ipanema Sports

– 06 de agosto: Gaúcho 1×1 AABB POA

Após uma primeira fase irregular, com apenas 4 pontos em 12 disputados, a nossa equipe obteve sua classificação em 4º lugar na chave A.

Nas quartas-de-finais, no dia 10 de setembro, o GNGaúcho enfrentou o Genoma Colorado Jardim Sabará, primeiro lugar da Chave A, na fase de classificação. Após estar perdendo por 2×0, a nossa equipe com muita garra e coragem, buscou o empate em 2×2 no tempo normal. A partida teve que ser decidida no “shootout”, uma espécie de falta com a bola rolando. O Gaúcho foi mais competente e venceu por 2×1.

Mesmo eliminando um dos favoritos, o Gaúcho entrou ainda como “azarão” na semi-final. Após um jogo muito difícil, decidido nos detalhes, a equipe do Gaúcho, treinada pelos professores Luan Castilho e Luís Fernando Cabral, venceu por 1×0 a equipe do Santos – Meninos da Vila e assim conquistou o direito de disputar a final da competição.

Na final não foi diferente, o GNGaúcho ingressou como surpresa contra a equipe que até aquele momento liderava todas as estatísticas do campeonato. Em um jogo tenso, com as torcidas apoiando suas equipes, o Gaúcho venceu o São Léo por 1×0 e conquistou a Champions Future 2017.

Com a conquista, nossa equipe obteve vaga automática para outras duas competições: a Copa dos Campeões (campeão e vice da Champions Future e campeão e vice da Copa Sortica), que será realizada em dezembro de 2017, e a 2ª Copa Sul de Categorias de Base Sub 11, que será realizada em 2018 (campeão e vice dos estados do RS, SC e PR).

A categoria sub 11 do Grêmio Náutico Gaúcho vem fazendo história em 2017. Até este momento, ademais da conquista na Champions Future, participou de 8 torneios, vencendo 5 e conquistando 3 terceiros lugares:

– Campeão na 1° Copa Verão Futsal Tiger, em Esteio, em 19 de março.

– Campeão na Copa Inter Futsal, em Porto Alegre, em 02 de abril.

– 3º lugar no Torneio Aberto de Bom Princípio de Futsal, em Bom Princípio, categoria Sub 12 (uma categoria acima da equipe), em 22 de abril.

– Campeão na I Copa Integração de Futsal, em Imbé, em 29 de abril.

– 3º lugar na 3ª Copa Libertadores EFAC, em Guaíba, em 25 de junho.

– 3º lugar na 3ª Copa Gigantinho, em Porto Alegre, em 19 de agosto.

– Campeão da Copa SESC, em Porto Alegre, em 20 de agosto.

– Campeão no Torneio Interno de Categoria de Base Futsal João Goulart, em São Leopoldo, em 03 de setembro.

Além de diversos torneios que estão na agenda da equipe, o GNGaúcho segue firme na disputa por duas outras competições.

A equipe do Futsal do Grêmio Náutico Gaúcho está entre as 8 melhores equipes do estado do Rio Grande do Sul. Dias 21 e 22 de outubro disputará a terceira fase do Estadual de Futsal Sub 11 (http://www.fgfs.org.br/), em Alvorada, lutando por uma vaga no quadrangular final, que será disputado em novembro, em Gramado.

Ademais, no último sábado, dia 07 de outubro, o Gaúcho venceu a equipe do UJR/Feevale/Banrisul por 2×0 e obteve a classificação para a final da 13ª Copa Feevale de Futsal (http://copafeevale.blogspot.com.br/), que será disputada em 04 de novembro, em Novo Hamburgo.

Os resultados obtidos em 2017 são frutos de um projeto iniciado ainda em 2015, quando os atletas faziam parte da categoria Sub 9 (muitos deles, iniciaram na escolinha de futsal do Clube, ainda com 5 e 6 anos de idade, em 2011). Os valores do projeto seguem os mesmos: o coletivo deve prevalecer e o futsal, como todo esporte, colabora na educação das crianças e dos adolescentes.

Desejamos parabéns aos nossos atletas e sucesso nas próximas competições!

Autoria dos textos e informações: Associado Aragon Dasso Júnior

Respiração correta: Confira como ela pode aumentar a resistência durante a prática esportiva

Domínio dos movimentos certos facilita na hora da corrida, diminui a fadiga, ajuda na recuperação e no alongamento após os exercícios físicos.

A respiração diafragmática é importante no nosso dia-a-dia para falar, cantar e para o bom funcionamento dos intestinos. Aumenta a capacidade respiratória e, consequentemente, aumenta a resistência durante a prática de esportes. Na hidroterapia todo o trabalho é conduzido a coordenar a respiração diafragmática com os exercícios. No início, a aprendizagem pode ser difícil, mas vale a pena insistir, pois os ganhos são muitos.

Devido à importância da respiração correta para o desenvolvimento motor, psicológico e emocional, a mesma deveria ser ensinada ainda na escola.

Quando inspiramos, o diafragma desce, enche como uma bola de aniversário, pressionando o abdômen para fora e massageando os órgãos internos. Quando expiramos, o diafragma sobe e a barriga fica murcha, entrando como se o umbigo fosse colar nas costas.

respiracao_1.jpg

Na água, a pressão hidrostática – a mais importante das propriedades físicas da água neste caso – ajuda a empurrar as costelas e o abdômen para dentro, facilitando a saída do ar. Ela também dificulta a inspiração, aumentando a resistência e fortalecendo toda a musculatura envolvida, que precisa trabalhar mais para encher o abdômen e afastar as costelas contra a água.

A pressão hidrostática atua como uma meia elástica: quanto maior a pressão no fundo da piscina, menor na superfície da água, exercendo pressão em todo o corpo por igual. Ela aumenta o retorno venoso, diminui a frequência cardíaca, diminui o edema (inchaço), atua como drenagem linfática em todos os gânglios e auxilia na respiração.

O domínio da respiração facilita a prática da corrida, aumenta a resistência à fadiga, ajuda na recuperação e no alongamento após o exercício físico.

Deve-se correr respirando o tempo todo pelo abdômen e não pela parte superior do peito. Desta maneira, o atleta estará oxigenando o cérebro, protegendo a coluna e aumentando o condicionamento físico. Esta é a respiração fisiológica, como a dos bebês, e deve ser internalizada.

Uma reeducação respiratória é recomendada para fumantes, ex-fumantes ou asmáticos que já correm ou desejam começar a correr. Ela aumentará o rendimento destes atletas e pode ser feita na água, que é facilitadora, ou na fisioterapia seca, fora da água.

Um lembrete importante: não se deve fumar uma hora antes e nem uma hora depois do exercício físico. Esta é a pior hora para fumar, mesmo não tragando, pois os alvéolos estão abertos e ávidos para absorver toda a nicotina.

respiracao_2.png

Saúde: Entenda porque consumir água no dia a dia melhora o funcionamento do corpo

Aqueles que consomem água de forma regular durante o dia sabem que ela é bastante benéfica para o funcionamento do corpo, ajuda-o a funcionar melhor, previne problemas de saúde e até deixa a pele mais bonita. Portanto, confira abaixo os 12 benefícios que fazem com que a água se torne uma rica aliada ao funcionamento e melhorias do nosso organismo.

  1. Controlar a pressão sanguínea

Um estudo feito pela Vanderbilt University Medical Center, nos Estados Unidos, mostrou que a água sem nenhum aditivo pode ter um papel importante para regular a pressão sanguínea.

  1. Previne cãibras

As cãibras aparecem quando há um desequilíbrio hidroelétrico em nossos músculos, causando uma contração involuntária da musculatura. Beber água regularmente ajuda manter o equilíbrio hidroelétrico e o bom funcionamento das células musculares.

  1. Protege o coração

Um estudo feito pela Loma Linda University, nos Estados Unidos, mostrou que pessoas que bebem mais de cinco copos, o que equivale em média a dois litros, de água diariamente, têm menos chances de sofrer ataques cardíacos ou outras doenças do coração do que aqueles que bebem menos do que isso.

  1. Melhora o funcionamento do intestino

Quando o intestino não está funcionando muito bem, uma boa dica é comer mais fibras e ingerir mais água também. Aliás, ingerir muitas fibras e pouca água provoca o efeito reverso: intestino preso. Isso mesmo, a água auxilia na lubrificação das paredes intestinais e na movimentação do bolo fecal, evitando constipação e a formação de gases.

  1. Aumenta a resistência física

Durante exercícios físicos, a perda de água pelo suor faz com que nosso desempenho piore. Esse processo pode ser observado também longe do treino. Além da hidratação, a água ajuda a controlar a temperatura do corpo, e assim melhora o rendimento em alguns esportes.

  1. Limpa o organismo

De acordo com nutricionistas, o consumo de água é vital para o bom funcionamento do organismo, já que quando não nos hidratamos corretamente, substâncias tóxicas e prejudiciais ficam retidas no organismo, abrindo o caminho para o aparecimento de algumas doenças.

  1. Protege contra pedra nos rins

Beber muita água é a principal maneira de se proteger da formação de um cálculo no rim. Quanto mais água bebermos, mais o nosso sangue circulará e ficará diluído, facilitando o trabalho dos rins na hora de excretar nutrientes que não são mais necessários em nosso organismo.

  1. Transporte de nutrientes

A água também é fundamental para que ocorra um bom transporte de nutrientes em nosso organismo.

  1. Ajuda a emagrecer

Por aumentar a atividade no sistema nervoso, e assim elevar o nível de energia gasto, o hábito de beber água constantemente também promove a perda de peso. De acordo com cientistas do Vanderbilt University Medical Center, uma pessoa que beba três copos de água por dia pode perder três quilos em um ano, sem mudar em mais nada sua rotina. Isso não resolve o problema de excesso de peso, mas ajuda quem quer emagrecer a entender como o sistema nervoso funciona.

  1. Protege os olhos

Manter o organismo hidratado é essencial para que os olhos fiquem protegidos de lesões.

  1. Absorção de vitaminas

As vitaminas C e do complexo B são hidrossolúveis, ou seja, só são absorvidas pelo organismo com a presença de água.

  1. Manter a pele jovem

Um dos primeiros sinais da falta de água (desidratação) se dá na pele e nas mucosas. Entre as células, temos um líquido intersticial que ajuda na sustentação da pele, entre outras funções. A falta de ingestão de água deixa a pele flácida e sem viço. Portanto, além de deixar a pele hidratada e firme, beber água também favorece a excreção de toxinas, substâncias que prejudicam a pele.

 

Equipe de judô do GNGaúcho finaliza com campeões na Super Copa Lajeado de Judô

No último sábado, dia 30 de setembro, aconteceu a Super Copa Lajeado de Judô no ginásio Nelson Brancher na cidade de Lajeado.

A competição iniciou às 8h do mesmo dia com as pesagens dos atletas e aconteceu até o final da tarde se encerrando as 18h. Na ocasião, mais de 500 judocas filiados participaram do evento, a equipe do GNGaúcho esteve presente com 13 categorias.

Confira abaixo a classificação dos nossos atletas:

Maria Antonia Vieira Argemi – Sub 13 Feminino Ligeiro – CAMPEÃ

Julia de Sena Benini – Sub 13 Feminino Meio Pesado – VICE-CAMPEÃ

Gabriel Gocks Treiesleben – Sub 15 Masculino Meio Leve – 3º LUGAR

Maurici Mattos – Veterano 1 – 3º LUGAR

Ingrid Binz Beier – Sub 15 Feminino Meio Médio – 3º LUGAR

Lucas Merlin de Araújo Porto – Sub 18 Masculino Meio Leve – VICE-CAMPEÃO

Lucas Merlin de Araújo Porto – Sênior Masculino Ligeiro – CAMPEÃO

Thiago de Miranda Rodrigues – Sênior Masculino Leve – Não classificou

Bruno Nonemacher Bonacina – Sênior Masculino Meio Médio – 3º LUGAR

Guilherme Facchini – Sênior Masculino Médio – 3º LUGAR

Guilherme Facchini – M1 Masculino Médio – CAMPEÃO

Gilbert Machado Passos – M3 Masculino Médio – VICE-CAMPEÃO

Willian Postal – Mirim – 3º LUGAR