Confira como exercícios físicos podem aumentar a autoestima e o amor-próprio

Estudos comprovam que o amor próprio e a autoestima estão diretamente ligados à prática de exercícios físicos. Pesquisas revelaram que após realizar atividades físicas, as pessoas se sentem mais bonitas e capazes.

O que acontece é que 30 minutos de exercícios moderados podem alterar o modo como notamos o nosso corpo. Segundo um estudo da revista norte-americana Psychology of Sport and Exercise que dividiu mulheres insatisfeitas com a autoimagem: uma parte malhou e a outra leu um livro. As que optaram pelo exercício, se sentiram mais fortes e magras.

Todos os anos geralmente fazemos promessas de iniciar a prática de exercícios e mudar na aparência todos os pontos que nos incomodam. Porém, ao passar os meses muitas vezes não cumprimos. As pessoas costumam buscar a academia por causa de uma necessidade física (emagrecer ou definir os músculos, por exemplo). Porém, em alguns casos, há tanta comodidade que são necessários outros atrativos para se convencer a treinar.

As razões estéticas são importantes, mas há também a melhora da saúde, condicionamento físico, coordenação motora e bem-estar. O desafio é, justamente, conseguir ir além do óbvio.

iStock_000025777795_Full.jpg

Abaixo, alguns aspectos que melhoram com a prática dos exercícios:

Bom humor: Os exercícios físicos ajudam na liberação dos hormônios de bem-estar. Mas não é só por isso que o seu humor melhora: o próprio astral do ambiente, descontraído, ajuda a quebrar o estresse diário e você fica com mais disposição.

Autoestima:  É uma das primeiras beneficiadas pelo treino. Antes que os resultados comecem a aparecer, você já sente mais confiança em si mesmo e também comemora a força de vontade por ter começado a fazer ginástica.

Comunicação mais clara: Para muita gente, o universo dos exercícios e equipamento é desconhecido. Mas, mesmo sem ter repertório, você precisa explicar ao professor o que deseja e como vem sentindo o efeito dos treinos. O esforço diário acaba favorecendo a sua capacidade de comunicação.

Menos timidez: na academia, a vergonha de pedir ajuda tem que ficar trancada no armário. Você precisa ter certeza de que está realizando os exercícios na postura correta (o que evita lesões e acelera os resultados). Havendo qualquer dúvida, é preciso deixar a timidez de lado e consultar um instrutor. Com o tempo, você vai perceber que nem é tão difícil se aproximar das pessoas.

Cabeça descansada: enquanto cumpre o programa, cansando o corpo, você poupa sua cabeça das preocupações com a casa e o trabalho. Para muita gente, o treino na academia é o único momento do dia para pensar em si próprio.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s